quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Flor que me alimenta, por Claudio Domingos Fernandes


Para Lidiane Santos

Sorrias flor
Mesmo nesta adversidade
Este talvez seja o desejo
Daquele que tanto admiras
E por quem sofres
A dor presente
Sorrias flor
Cante uma canção
A aquele que amas
A que ele, com seu cavaco,
Te acompanharias,
Sussurre em seus ouvidos
O que sentes
Sorria flor
Tua força é o seu sustento.




---
Claudio Domingos Fernandes
Formado em Filosofia (Licenciatura), casado, dois filhos, trabalha na Secretaria de Educação de São Paulo, leciona Filosofia no Ensino Médio. Coordena Oficinas Culturais na Associação Cultural Opereta, onde ensina Italiano. É membro do conselho do Instituto de Formação Augusto Boal. É membro fundador da Associação Cultural Rastilho (A.CURA). Lançou VACUOS MUNDI. E-mail:cdomimgosfernandes@uol.com.br



---
Balcão da Arte 
E-mail: balcaoarte@gmail.com / Facebook: Balcão da Arte / Comunidade no Facebook:  Balcão da Arte / Google Plus: Balcão da Arte / Comunidade no Google Plus: Balcão da Arte / Twitter: @balcaodarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário