terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Breve reflexão sobre a alienação, por Claudio Domingos Fernandes

Quem propõe futebol, carnaval, novela, mega eventos ao povo?

A alienação é produzida! E lembrar o alienado constatemente de sua alienação não o tira dela! Se não criarmos formas efetivas de o libertar, fazendo a critica a quem deve, criando grupos de mediação e interlocução, com a preocupação de estudar e entender - mais que julgar e condenar - as estruturas produtoras de alienação, nunca sairemos desta realidade. Apontar ao alienado sua condição sem entender como ela foi produzida é correr o risco de libertá-lo de um sistema e aprisioná-lo em outro.

Eu tenho defendido que o povo é vitima e carrega em si o complexo de afinidade ao algoz. É preciso entender o algoz para salvar a vitima.

Não basta sermos esclarecidos!




Claudio Domingos Fernandes 
Formado em Filosofia (Licenciatura), casado, dois filhos, trabalha na Secretaria de Educação de São Paulo, leciona Filosofia no Ensino Médio. Coordena Oficinas Culturais na Associação Cultural Opereta, onde ensina Italiano. É membro do conselho do Instituto de Formação Augusto Boal. É membro fundador da Associação Cultural Rastilho (A.CURA). Lançou VACUOS MUNDI. E-mail:cdomimgosfernandes@uol.com.br


---
Balcão da Arte 
Contato: balcaoarte@gmail.com 
Facebook: Balcão da Arte
Google Plus: Balcão da Arte

Nenhum comentário:

Postar um comentário